Formação em Destaque

 

Violência Financeira contra Pessoas Idosas | 15 de Março 2019 | 15 h

web viol finan

O envelhecimento da população mundial e muito particularmente das sociedades europeias constitui um dos maiores desafios do século XXI. Reconhecendo que a violência contra as pessoas idosas constitui um problema social e de saúde pública, considera-se que o seu eficaz combate pode contribuir para um futuro mais inclusivo, onde todos sejam respeitados ao longo do ciclo da vida, nomeadamente no contexto de um envelhecimento ativo e saudável.

Em Portugal, um primeiro estudo de nível nacional – Envelhecimento e Violência – promovido pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, e do qual a APAV foi parceira, abordou pela primeira vez a relação direta entre envelhecimento e violência. No estudo estima-se que 12,3% da população com mais de 60 anos (314 mil pessoas) tenha sido vítima de, pelo menos, uma conduta de violência por parte de um familiar, amigo, vizinho ou profissional remunerado, existindo uma prevalência da violência psicológica e financeira, sobretudo dos descendentes, tendo apenas um terço das vítimas apresentado queixa.

A Formação  APAV irá promover o Webinar APAV | Violência Financeira contra Pessoas Idosas, no dia 15 de Março de 2019, às 15h00 (Continente) e às 14h00 (Açores), dirigido a profissionais de diversas áreas de atuação.

O Webinar consiste num evento realizado online, com recurso a vídeo, através do qual o/a formador/a comunica com os/as formandos/as e estes comunicam entre si, ou com o/a formador/a, através de um chat ou rede social.

O Webinar é de participação gratuita mediante registo de inscrição e será dinamizado por Sílvia Branco - Licenciada em Serviço Social, colabora com a APAV como Gestora da APAV Açores.

Registe-se aqui!

Para mais informações contacte Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

formacao footer 01 apav footer 02 apav footer 03 bureau footer 04

 

Apoio técnico, logístico e supervisão; promoção do reconhecimento,
das áreas da vitimologia e do apoio à vítima pelos serviços de sede.